PRODUCT PLACEMENT: O QUE É E COMO FAZER

Você já ouviu falar do termo Product Placement? Para que ele serve? Não?! Pois, saiba que você pode estar perdendo uma grande oportunidade de aplicar novas estratégias para sua marca, com o intuito de fidelizar clientes por conta de sua alta eficiência!


O que é Product Placement?

O termo Product Placement significa “Colocação de Produto”, é uma estratégia de marketing que vem para substituir, mudar as formas de publicidades tradicionais. O que isso quer dizer? Com o Product Placement, um produto ou serviço, é anunciado de forma sutil, sem parecer uma propaganda, ele passa as mensagens naturalmente, sem parecer forçado e há sempre um contexto para ser inserido, gerando uma visibilidade positiva, tirando aquela mesmice dos conteúdos publicitários onde é nítido a divulgação, sem qualquer teor informativo.


Para se ter uma noção maior sobre essa estratégia, atualmente, se tornou bastante comum em produções cinematográficas, os personagens consumirem algum produto de uma marca específica, mas sem nem falar sobre, apenas consumindo o produto e que em muitos dos casos, gera a dúvida dos telespectadores, questionamentos como “Ele estava consumindo um produto da marca xxxx?”, “Você reparou que apareceu o produto xxx?”. Quando as pessoas percebem que de fato, aquela marca estava fazendo parte daquela produção, ela sutilmente receberá um feedback positivo, por não ter sido apresentado de forma forçada durante as cenas.


Product Placement x Merchandising

Por não ser um termo tão conhecido pelo público, o Product Placement pode ser confundido com Merchandising, mas já adiantando, essas duas estratégias são bastante diferentes umas das outras! Listamos as principais características de cada uma delas, para facilitar a compreensão dos termos:


  • Product Placement – Exposição sutil, divulgação espontânea e não é vendida de forma direta, fazendo com que os telespectadores não encarem como uma propaganda.

  • Merchandising – Exposição clara e direta, tem um certo apelo em convencer os telespectadores/leitores de consumir o produto, pode ser considerado “forçado”. Um grande exemplo de Merchandising são as propagandas durante os programas do Domingão do Faustão, Mais Você e entre outros.


Mudança de cenário: publicidades tradicionais deixaram de ser toleradas.

Quando passamos a compreender mais sobre essa estratégia, passamos a nos perguntar, por que as publicidades tradicionais estão sendo deixadas de lado? Por que há menos tolerância quando as pessoas se deparam com uma propaganda direta? Um dos principais fatores se dá pela sensação de estar sendo obrigado a realizar alguma ação. Propagandas tradicionais tem essa característica um tanto quanto invasiva, de dizer para aquele indivíduo que ele deveria comprar o produto, de que aquele serviço pode mudar sua vida, como muitos dizem, “forçando a barra”.

Por essa razão, as pessoas se tornaram um tanto quanto intolerantes ao se deparar com esse tipo de abordagem, surgindo a necessidade de encontrar alternativas para suprir a falta de interesse dos espectadores. Nas redes sociais, por exemplo, se tornou bastante comum, empresas produzirem conteúdos relacionados aos serviços prestados, mas sem transparecer que, de fato, estão “empurrando” aquele produto para um cliente, fazendo com que ele se interesse e sinta vontade por conta própria de consumi-los.

Um grande exemplo de intolerância a propagandas, são os anúncios gerados pelo Youtube, que dificilmente alguém não aperte o “pular anúncio” da página. O meio de comunicação se tornou desesperado para encontrar uma alternativa que prendesse a atenção dos consumidores, sem montar um conteúdo chato.


Importância do Product Placement

Com uma nova abordagem, o Product Placement nos gera muitos benefícios, pois a partir dele, geramos uma receptividade muito maior do que o esperado das mensagens. Por estar inserido em um contexto, fica muito mais fácil produzir esse tipo de conteúdo, pois a atenção não está necessariamente voltada ao produto, mas sim, para toda a situação que ele fora colocado e por “coincidência”, ele estava fazendo parte. Para a construção de uma marca poderosa, é necessário estar a par de tudo, as tendências, situações que desfavorecem sua marca e o que fazer para mudar esse cenário para que todo o tempo em que você investiu no crescimento de um empreendimento não seja em vão.


Como aplicar o Product Placement?

Vendo que essa estratégia de marketing se tornou a favorita atualmente, você deve estar se perguntando sobre como aplicar o Product Placement em seu negócio. A regra é clara, você deve investir em um bom planejamento de marketing para encontrar uma situação, uma história em que se aplique seu produto ou serviço, mas que contenha alguma mensagem especial para manter seu público atento, pois, ninguém prestará atenção em algo que não corresponde com suas preferências.


O grande diferencial é criar esse tipo de conteúdo durante o lançamento de produtos novos, ou um reposicionamento de marca, uma manifestação sobre alguma causa social que faça parte da história da empresa, assim, você consegue atingir um número de pessoas significativo.

Tenha consciência de que é possível inserir esse tipo de mensagem em vídeos, imagens, textos para redes sociais, blogs e entre outros. Não se limite em apenas um!