O que são as gerações: millennials, GenZ, Alpha

Existem diversos tipos de gerações e a comunicação precisa ser diferente para cada uma delas. É possível colocar como exemplo a cultura e o modo de se comunicar entre avós e netos, que são completamente diferentes por terem vivido épocas diferentes. Podemos classificar as principais gerações que mais influenciam na internet entre três tipos: – Millennials: nascidos entre 1980 e 1995. Foram as últimas pessoas a verem de perto um mundo sem redes sociais e internet, e que, por isso, conseguem se adaptar às mudanças mais facilmente. – Geração Z: nascidos entre 1995 e 2010. Grande parte dessas pessoas já nasceram com o celular sendo um meio de diversão e, normalmente, sempre estão conectados e são o foco quando o assunto é marketing. – Geração Alpha: nascidos a partir de 2010. A tecnologia faz parte da vida dessas pessoas desde sempre. Digamos que todas elas conhecem um celular e, num futuro próximo, terão milhares de pessoas focando apenas em suas necessidades tecnológicas.



Mas, diante de toda essa diferença, como essas gerações lidam com as redes sociais?

Por serem gerações que, mesmo em uma proximidade, possuem vivências diferentes, é normal que o modo como lidam com as redes sociais seja modificado. A geração millennials, atualmente, se envolve totalmente com as redes sociais, ainda mais quando relacionado ao trabalho, e estão sempre tentando evoluir para não perder de vista as melhores oportunidades. Dessa forma, são muito mais suscetíveis a aceitar mudanças e costumam ter um pouco das atenções de empresas para que consigam fazer um bom marketing nas plataformas de redes sociais. A geração Z, mesmo que com pessoas ainda novas, não passa despercebida. A comunicação dessa geração se baseia nas redes sociais e na internet, afinal, quem nunca viu uma pessoa de 20 anos publicando uma foto em alguma plataforma com o intuito de bombar, não é mesmo? Além disso, é muito comum encontrarmos pessoas entre 10 a 25 anos que costumam se comunicar com outras, mesmo sendo desconhecidas, através de postagens e interações em grupo. Essa geração tem o hábito de ser multitarefas e, em sua maioria, comunicativas. A geração alpha, mesmo que ainda não seja o foco da internet, é o motivo de sempre estarem evoluindo para o que ainda virá. Nascidos a partir de 2010, ainda não fazem parte das pessoas que utilizam redes sociais para um meio de comunicação. Podemos dizer que o ato de utilizar a internet e dispositivos eletrônicos se tornará algo normal entre elas, sendo que, provavelmente, as coisas mudarão e novas tecnologias virão, sendo essencial acompanhar a necessidade dessas pessoas para alavancar o modo que vemos as mídias sociais hoje. Porém, além dessas gerações, é preciso prestar atenção naquelas que ainda virão e que farão a diferença na comunicação entre as pessoas. Mas, enquanto isso não acontece, que tal nos dizer em qual geração você é classificado e como as redes sociais fazem a diferença para você HOJE?