Email Marketing: O Que É, Por Que Fazer e Estratégias

Atualizado: Nov 3

O Que é Email Marketing?

Email marketing é um meio de fazer publicidade online através do contato por email entre empresas e seus atuais ou potenciais clientes.


Por algum tempo, o email marketing foi usado como forma de comunicação em massa.

As mensagens enviadas eram pouco relevantes, trazendo transtornos para quem as recebia e um baixo retorno para as empresas que utilizavam essa estratégia.


Porém, hoje, o email começou a ser usado por diversas empresas de uma forma mais inteligente, tornando-o uma importante e rentável ferramenta de marketing na internet.

Se você tem uma empresa e ainda não usa o email marketing, vou dar alguns motivos para repensar essa sobre isso.

Com essa ferramenta, você aumenta o tráfego de clientes em seu site

  • Você pode alavancar o número de vendas da sua empresa

  • Se você tem um e-commerce, também poderá aumentar suas vendas

  • Email Marketing é uma forma de estreitar o relacionamento com seus clientes

  • Você tem um alcance de diversos públicos e gasta menos do que gastaria com outras formas de publicidade.

Agora, eu tenho uma dúvida e uma certeza.

A dúvida é se você já entendeu o que é um email marketing e a certeza é que você certamente já recebeu um.

Quer ver? Vou dar alguns exemplos: Se você já fez uma compra online, recebeu em sua caixa de email uma mensagem de confirmação de compra, certo? Isso é um email marketing.


Você pode, também, ter recebido promoções, ofertas de passagens aéreas, newsletter, etc.

Email Marketing, quando bem feito, é uma forma de publicidade onde a interação não se perde. Se o seu conteúdo for interessante para o cliente, ele o deixará arquivado em sua caixa de email.


O que não acontece de forma automática em redes sociais, por exemplo. Isso faz com que a informação se disperse mais facilmente.

Email Marketing é uma forma de gerar impacto aos destinatários, ajudando a fidelizar e até, em alguns casos, a prospectar novos clientes.


Por que fazer email marketing?

Com uma previsão de 310 milhões de usuários até 2021, certamente o email é uma maneira de alcançar diretamente milhares de clientes potenciais, aliás, a um custo relativamente baixo em comparação com publicidade em sites, ads, banners ou anúncios patrocinados em redes sociais.

A partir de uma boa campanha de email marketing, você pode ter toda a atenção do lead ou prospect. Assim que a mensagem é aberta, ela ocupa boa parte da tela do dispositivo, podendo estar adaptada perfeitamente ao Smartphone, tablet ou notebook. Os anúncios pop-up, formulários flutuantes ou outras propagandas na internet geralmente ficam no caminho do que um cliente potencial procura: o conteúdo.


Como fazer e-mail marketing: 9 passos para uma chuva de conversões!

Então, como fazer e-mail marketing? Prepare-se para seguir o passo a passo:

  1. Estabeleça o objetivo do e-mail marketing

  2. Conheça sua persona

  3. Faça a captura dos leads

  4. Atenção ao assunto do seu e-mail

  5. Insira bons CTAs

  6. Inclua imagens: mas atenção!

  7. Atenção ao conteúdo

  8. Nunca faça um disparo em massa

  9. Acompanhe as métricas e resultados

Entenda melhor cada uma das etapas, a seguir:

  1. Estabeleça o objetivo do e-mail marketing

Antes de enviar qualquer e-mail marketing responda qual o objetivo geral que você espera alcançar por meio dele.

Você deseja divulgar uma promoção?

Reativar clientes antigos?

Quer dar as boas vindas para novos leads?

Estreitar o relacionamento da sua marca com o lead e gerar engajamento?

Oferecer informações que faça o lead caminhar pelas etapas do funil de vendas?

Com essa resposta em mente fica mais fácil organizar o conteúdo que estará dentro do e-mail e também outros elementos como:

  • título;

  • tipo de e-mail marketing (promocionais, relacional ou transacional);

  • CTAs.

2. Conheça sua persona

Além de conhecer a fundo sobre o que você vai falar em seu e-mail, outra etapa importante de como fazer e-mail marketing é entender para quem você vai enviar esse material.

Criar suas personas e segmentar seu público também vai ajudar você e sua equipe a enviar o material correto, para o lead certo e no momento ideal.

O entendimento da persona do seu negócio também é fundamental para uma etapa antes da criação do e-mail marketing: a geração de leads.

Atenção: suas personas podem estar espalhadas pelas diferentes etapas do funil de vendas, por isso faça um mapeamento de:

  • quais são suas personas;

  • quais as dúvidas elas têm em cada fase da jornada de compra.

Você pode começar a construir a ideia de quem é sua persona por meio de ferramentas como Google Analytics e Facebook Insights.


3. Faça a captura dos leads

É bem claro que antes de enviar uma campanha de e-mail marketing você precisa ter uma base de leads que irão receber esse conteúdo, correto?

Essa dica é sobre isso!

Nunca compre uma base de leads pronta!

Crie a sua e receba autorização dos contatos para se comunicar com eles (opt-in).

As landing pages e os formulários presentes nelas são suas principais ferramentas de captação de leads, entretanto, você também poderá usar:

  • pop-up de boas vindas com campo para preenchimento de e-mail em troca de uma vantagem, como desconto em produtos;

  • pop-ups de intenção de saída.

4. Atenção ao assunto do seu e-mail

Muitos especialistas entendem que essa etapa é a principal de todo o processo de como fazer e-mail marketing.

Isso porque se o assunto não for interessante para o público que você deseja atingir seu e-mail será mais um encaminhado para a lixeira sem ser, sequer, aberto!

Ou seja, não interessa se o conteúdo do e-mail é PERFEITO.

Se o assunto não despertar curiosidade suficiente, seu e-mail é lixo, ou melhor, é enviado para o lixo.

Se o assunto não for interessante, seu e-mail não será sequer aberto.

5. Insira bons CTAs

CTAs, ou call to action, são as chamadas para ação do lead que você distribui ao longo do texto do e-mail marketing.

Em geral os CTAs são botões que levam o usuário a clicar para que possam ser direcionados para uma página externa, geralmente um post blog, página no site, um meio de contato e por aí vai!

Quando um contato clica no seu CTA é como se sua equipe de marketing ganhasse a batalha para conquistar o cliente, que é travada dentro desse canal.

Na prática o clique no CTA é a confirmação de que sua campanha foi bem executada, afinal, o usuário depois de ler o assunto do seu e-mail, ter contato com o texto, entender sua proposta de valor, decidiu clicar no botão que leva a outra página.

A melhor estratégia na maioria dos casos é escolher apenas uma chamada e repeti-la ao longo do e-mail. Por exemplo: “clique aqui e concorra a um carro 0KM”.

Não é aconselhável que você inclua CTAs diferentes ao longo do artigo, afinal, assim seu contato pode se confundir sobre qual chamada atender e acabar saindo sem fazer nada!


6. Inclua imagens: mas atenção!

Ao aprender como fazer e-mail marketing algumas pessoas se perguntam se o conteúdo deve ser criado em imagem, com imagem ou sem nenhum tipo de imagem.

Bom, a primeira resposta a essa questão é: não crie imagens com texto.

Você pode usar imagens ao longo do material, mas o texto não deve estar em formato de imagem. Compreendeu?

Mesmo assim, cuidado para que, ao usar imagens, seus e-mails não pareçam muito com anúncios.


7. Atenção ao conteúdo

Finalmente chegou a hora de escrever seu e-mail.

A dica mais relevante de como fazer e-mail marketing nesta etapa é manter o texto curto e objetivo. Não confunda isso com um texto frio e sem empatia.

Para aumentar as taxas de conversão mostre que você entende a necessidade do lead e que por isso está enviando aquele material.

Inclua elementos como:

  • introdução breve com o nome do contato;

  • conteúdo relevante;

  • oferta atrativa (não precisa ser diretamente sobre o seu serviço ou produto, pode ser sobre um conteúdo no blog da sua empresa, uma pesquisa um ebook ou webinar, por exemplo);

  • imagem;

  • GIF;

  • infográfico (seja criterioso);

  • e não esqueça do CTA.

8. Nunca faça um disparo em massa

A segmentação de clientes deve estar em tudo: desde o planejamento, como vimos nos tópicos iniciais deste artigo, até na hora de enviar o e-mail.

Enviar e-mails em massa reduz a taxa de abertura e de cliques, além disso pode gerar uma inativação de contatos em massa e uma péssima imagem de seu cliente sobre sua empresa.


9. Acompanhe as métricas e resultados

As metas fazem parte de qualquer tipo de estratégia de marketing e não seria diferente com o e-mail marketing.

As ferramentas de automação de marketing que permitem a gestão de leads e o disparo do conteúdo para os contatos oferecem relatórios para o acompanhamento de métricas relevantes sobre o resultado da campanha.

Entre os indicadores mais relevantes do e-mail marketing estão:

  • taxa de abertura;

  • taxas de clique (CTR);

  • taxa de inativação da lista;

  • taxa de leads que se tornaram leads qualificados (MQL).


E ai, alguma dúvida ainda sobre fazer e-mail marketing pra sua empresa?

O e-mail marketing pode ser extremamente rentável para sua empresa, pois ele ajuda você a vender seus produtos, mas também vai além disso.

Ele fideliza clientes!

Nós da Onegate esperamos que todas as dicas dadas aqui possam ajudar a sua empresa a decolar. Faça seus clientes felizes e ela, com certeza, irá bem alto!